segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

A MALDADE E OS MALES DA HUMANIDADE


A MALDADE E OS MALES DA HUMANIDADE

''Não existe nenhum atributo/qualificação no ser humano que seja puro o suficiente pra anular a existência do que é oposto àquele atributo. Em todo ser humano existe uma parcela de prudência, e outra de imprudência. Em todo ser humano existe uma parcela de fé, e outra de ceticismo.
Em todo ser humano existe uma parcela de conhecimento, e outra de ignorância. O ser humano é composto de dualidades contraditórias que frequentemente o colocam em conflito diante das incógnitas da vida. Portanto, seria razoável definir todo ser humano como bom e mau ao mesmo tempo. Com a intensidade variando de um indivíduo pra outro. Mas a questão é; se o mundo hoje é reflexo de uma humanidade muito mais provida de maldade que de bondade, talvez não seja pelo fato de existirem pessoas absolutamente ruins dominando as boas; mas pelo fato de o lado ruim de cada um vencer com mais frequência. A vida que se leva e as motivações, no caso, conduziriam muito mais o indivíduo ao lado maldoso que ao lado bondoso. O sujeito feliz, ou satisfeito, jamais teria motivo para propagar a maldade. Mas o infeliz certamente já o tem. Se a insatisfação e a infelicidade reinam no mundo onde vivemos, é porque há algo errado na nossa forma de viver/entender a vida. Agora, se a vida parece ser má com a maioria das pessoas, e se, ser individual(sem se comprometer com o bem estar do próximo) parece compensar, tem-se não só os estímulo necessário, como o próprio consentimento cultural de que vale a pena ser mau, pelo menos às vezes, ou quase sempre, em detrimento do ''bem estar próprio''. Resumindo, acredito que os nossos traços culturais(individualismo ao extremo, por exemplo) estimulam um comportamento mais destrutivo que construtivo, mas porque aprendemos. Não porque somos propriamente bons ou ruins. Mas devido ao fato de, na maioria das vezes, sermos mais ruins uns aos outros do que bons por não sabermos conviver em sociedade, como um grupo, como uma só espécie. Enquanto tudo girar em torno de valores que tornam a maledicência mais lucrativa do que a benevolência, o lado mau, ou destrutivo (de cada um) irá sempre ''berrar mais alto''. Mas se de alguma forma, o lado bom fosse mais estimulado, poderia ser diferente;
Se a vida das pessoas com maior potencial de frustração encontrassem nutrição através de estímulos externos como compaixão dos outros/coletividade pra que a vida não se tornasse tão dura, e, se os gestos destrutivos fossem anulados por uma conscientização de que não compensam, a tal maledicência perderia forças.Porque fazer o mal não teria tanto sentido, ou não seria tão lucrativo, como talvez seja hoje.
Mede-se o fracasso de um ser humano pelo grau de maldade, bem como seu sucesso pela prática do bem.
A maldade do ser humano não tem limites, a inveja é sorrateira, muitas vezes busca se passar por "boa amiga", para quando menos se espera dar o bote e destruir sua felicidade. A decepção faz parte da vida, a questão é identificar contra quem se decepcionar, contra o que se decepcionar... A vida é feita de escolhas, certas vezes um tanto quanto dolorosas, quais depois de tomadas, não voltam mais atrás... A vida é feita de provações, quais diuturnamente nos testam, porém apenas os mais fracos cedem a elas... Não se decepcione por coisas que não merecem nem mesmo esse sentimento ignóbil... Pois a sua decepção de hoje... De fato nem é uma decepção... É apenas algo que inventaram, uma falácia desprovida de argumentos robustos ou verossímeis... Para gerar em você um sentimento ruim, que de fato... Cuja causa inexiste...
Porém eu ainda insisto em acreditar no ser humano, apesar de tanta maldade e infantilidade.
A raça humana fere, mata, maltrata...Sem uma real necessidade.


Por pura maldade...atos de crueldade!
Querem saber de verdade...
Acho que estão dando a vacina contra a "raiva" na raça errada!
Eu sei quem você, o que faz e onde está, peço a Deus  que lhe dê a paz com peso da justiça divina..

Eu quero mais é ser feliz. Rezo contra o mau olhado e as invejas que tentam me atingir e assim protejo ao máximo quem eu amo para um dia pode-lo ver sorrir

Paz Profunda.!!!! 

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Criatividade Faz Bem



Criatividade Faz Bem
 
Criatividade e qualidade de vida, temas tão relacionados no contexto atual. Quando digo qualidade de vida, não estou referindo-me somente à saúde física do trabalhador, mas também à saúde mental.

Cada vez mais, a criatividade tem mostrado importância para os profissionais que buscam o sucesso pessoal e profissional: devemos buscar novas formas de aumentar nossa renda, garantir e conquistar a empregabilidade, tentar solucionar problemas do dia-a-dia, criar e desenvolver novos produtos, apostar em formas diferentes de atender clientes, entre outros. Além disso contribui com a sociedade através da criação de novos serviços e geração de empregos.

As empresas devem buscar, não só a sobrevivência, mas sua expansão, justificando a importância de tal competência no contexto atual; para isso, o ambiente de trabalho e a postura do líder deverão ser favoráveis à criação. Uma coisa é certa: em ambientes excessivamente rígidos, os funcionários não se sentem estimulados a produzir novas idéias.

É claro que nem sempre é possível contar com um ambiente propício para a criatividade; as empresas precisam, para sua organização, impor regras e modelos, o que acaba dificultando a inovação de idéias e uma maior resistência dos funcionários. De qualquer forma, temos observado nos Programas de Treinamento que realizamos em diversas empresas uma certa tendência, por parte das pessoas e empresas, ao desenvolvimento dessa iniciativa.



Há quanto tempo você não muda os quadros das paredes de sua casa? E a disposição dos móveis? Você faz sempre o mesmo percurso para ir ao trabalho? Questões como estas demonstram que o ato de criar não depende, necessariamente, de fatores externos.

Assim como é saudável exercitar o corpo através da prática de esportes, temos que estimular nossas mentes para identificar problemas, erros e criar soluções.


Pôr em prática a criatividade eleva a produção, diminui custos, além de aumentar a satisfação de clientes e a auto-estima do trabalhador. Mas para isso, temos que pensar em programas orientados aos objetivos da empresa, e não somente à geração de idéias. É importante trabalhar também a classificação, mensuração, a decisão na implantação, avaliação e reformulação. São poucas as idéias que nascem perfeitas; é preciso saber adequá-las ao contexto.


Como o mercado tem reagido em relação ao tema:
Os dirigentes das empresas estão chegando à conclusão de que seus funcionários merecem viver melhor. Uma prova disso é o investimento em iniciativas para melhorar a qualidade de vida de seus colaboradores e familiares, assim como a procura por programas de Treinamento.Estudos apontam que tal investimento possibilita resultados extremamente positivos na produtividade da empresa.

Aconselhamentos quanto à alimentação correta, prática de esportes, ginástica, campanha anti-tabagismo, stress e criatividade pessoal são responsáveis pela diminuição do turn-over e do absenteísmo, bem como pelo aumento da produtividade e da melhoria no relacionamento entre os integrantes da organização.

Os programas possibilitam uma abertura para o progresso e aquele que não busca a melhoria não se renova, desarticula-se do contexto e dificilmente se adapta às novas situações.


A criatividade é estudada há muito tempo, mas no contexto empresarial é recente. O tema ficava restrito às áreas de Publicidade e Propaganda ou Marketing; hoje percebe-se que é fundamental em todas as áreas da organização

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Dicas para usar bem o humor

Dicas para usar bem o humor

Viver com entusiasmo bom humor é uma  atitude e um jeito todo especial de encarar a vida, ai vão algumas dicas . !!!!




1) Não se limite apenas às palavras. Use todos os recursos de que puder dispor, como a expressão corporal, a inflexão da voz e, principalmente, a pausa.

2) Evite sempre a vulgaridade. Mesmo que as pessoas possam rir, resista. A médio e longo prazo, sua imagem irá se deteriorando e você perderá credibilidade.

3) História boa é história nova, fresquinha, colhida no pé. Só narre um fato antigo ou conhecido se puder dar a ele uma roupagem tão nova que o faça parecer inédito.

4) Procure só usar o humor que esteja diretamente ligado ao assunto que aborda, a não ser que seu objetivo seja o de reconquistar a atenção do ouvinte, pois, neste caso, excepcionalmente, não precisará estar relacionado ao tema.

5) Faça com que o humor pareça estar sempre nascendo no momento da sua apresentação, fruto da sua presença de espírito. Assim, terá mais graça e valorizará ainda mais a sua imagem.

6) Prefira fazer humor a partir da circunstância da apresentação, usando fatos ou pessoas do próprio ambiente.

7) Histórias longas são o maior veneno para o humor. Quanto mais breve puder ser, melhor. Treine essa qualidade no dia-a-dia, fazendo tiradas bem-humoradas, rápidas, brevíssimas.

8) Cuidado para não parecer pretensioso. Ao usar o humor, não demonstre estar se vangloriando do seu feito. Ria como se estivesse surpreso com a própria graça.

9) Minha avó já dizia: graça por graça, uma vez só basta - portanto, nada de querer bancar o engraçadinho o tempo todo. Lembre-se de que tem uma mensagem para transmitir e que o humor o está ajudando nesta tarefa. A não ser que o objetivo seja só o de entreter as pessoas.


10) Esteja pronto para a desgraça. Nem sempre o humor dá resultado. Assim, esteja preparado com um plano B. Se não der certo, faça uma auto-gozação dizendo por exemplo que essa foi muito ruim, que não teve mesmo muita graça. Quase sempre funciona.


Enfim faça do seu dia e o dia de outras pessoas um dia melhor, afinal de contas afinal a melhor hora do dia é sempre o agora.... 

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

COMPORTAMENTO DO LIDER QUE DESPERTA E MANTÉM INTERESSES



COMPORTAMENTO DO LÌDER QUE DESPERTA E MANTÉM INTERESSES

          A   visão  mais  objetiva  quanto a liderança  ideal   este  milênio nos transporta  a  necessidade absoluta de que as empresas  mantenham em seus   quadros   profissionais    verdadeiramente   capazes   de   conduzir    pessoas,   mante-las  motivadas   e  verdadeiramente interessadas   no   trabalho   e   no   sucesso  da empresa, só  alcançaram  estes objetivos aqueles realmente  competentes na arte de transformar pessoas,  ambientes , empresas, cidades,   estados  e  até  nações através  de  suas imensas  qualidades pessoais.   As quais chamo de: : 
                
                                LIDERES TRANSFORMADORES
      Lideres transformam  e a transformação não será levada a cabo por geração espontânea nem nas empresas nem no nosso país. Nem é  impulsionada por pessoas dotadas de qualidades extraordinárias mas uma das principais qualidades será a capacidade para fomentar o seu próprio alto desenvolvimento de forma permanente e de estimular os demais de forma permanente também.
      Ambas as qualidades estabelecem uma diferença notável no estilo e nos resultados, entre os autodenominados “líderes” e os “líderes transformadores”, cuja máxima contribuição é a de multiplicar-se através do desenvolvimento de outros líderes.
      O líder transformador é uma figura social – a mais importante para impulsionar e consolidar a transformação  em um país em desenvolvimento como o nosso.
      É bastante improvável que alguma pessoa chegue a perfeição nas virtudes – chave do líder transformador que  menciono a seguir, porém elas compõe a base para solidificar a autêntica realização pessoal de qualquer ser humano e constituem as qualidades dos líderes transformadores que::

·       Amam profundamente o que fazem  e respeitam a vida em todas as suas formas e a familia;
·       Estão permanentemente em ação são auto-motivados, suas mentes nunca entram em férias;
·       Possuem  profundo sentimento de amizade não os misturando com suas responsabilidades;
·       Estimulam o auto desenvolvimento dos demais de forma permanente;
·       São autocríticos por excelência e são autodidatas;
·       Possuem e infundem coragem, confiança, são criativos, caridosos e complacentes;
·       Não apenas controlam e se adaptam as mudança como também as promovem;
·       Possuem conhecimentos especializados, concentração e imprimem continuidade a ação;
·       Assumem  sempre  novos desafios, considerando-os essenciais a evolução social e pessoal;
·       Possuem grande controle sobre as suas emoções, ainda que a maioria das vezes não tenha a menor inibição de exteriorizar os seus sentimentos;
·       Possuem um pensamento treinado para conceber táticas eficazes, antes de lançar-se a ação;
·       Tudo o que está vinculado a ética e a moral é inegociável para eles;
·       Educam a todos, sentindo-se mestres antes de chefes, sendo pessoas com desempenho superior ao normal, ,transmitem invariável sensação de equilíbrio, são eficazes na concepção e eficientes na realização, jamais assumem os fracassos, encarando-os como resultados e não  como algo definitivo, aceitam-nos como parte do jogo, não os temem e tampouco os ocultam,
·       Aprendem com os erros, as falhas e continuam com o ânimo renovado;
·       Demonstram possuir profunda fé nos resultados positivos de tudo o que empreendem;
·       Tem um sentido correto da fidelidade, em todas as suas expressões;
·       A “confiabilidade” nos mesmos pode ser total; são honestos, transparentes, íntegros, leais e justos; . “Posso “ e  “poderemos” são palavras que utilizam constantemente para orientar sua ação  e de seus colaboradores;
·       São inovadores;  humildes, aprendendo e se beneficiando com as conhecimentos dos outros. Sabem que o mundo é mais importante que eles e tem bem claro o fato de que sem um bom trabalho de equipe não conseguirão os resultados pretendidos;
·       Jamais imitam alguém, se bem que reconhecem e aceitam tudo o que de bom possuem as outras pessoas. São “eles mesmos” sempre!
·       Sua liderança, tem como cenário principal a “linha e fogo”. Em outras palavras eles se encontram onde se encontram os seus colaboradores, clientes, dirigidos, Eles vivem a ação.
·       São completamente não egoístas!!! Concebem a formação e a multiplicação de outros líderes transformadores como o resultado mais significativo do seu trabalho;
·       Possuem profundo conhecimento na natureza humana e das condutas dos seres humanos;
·       São invariavelmente otimistas, o que não os impede de forma alguma de serem realistas;
·       A coisa mais importante para eles  é o ser humano e é o fundamental !!!;
·       Concentram suas energias em uma escala de prioridades, presente em suas atividades;
·       Aprenderam que na vida o preço de êxito se paga antecipadamente e assim fazem sempre qualquer que seja o seu custo;
·       Vivem intensamente o presente. Confessam que é o único tempo que podem conjugar. Do passado extraem apenas os exemplos e ao futuro dedicam o tempo imprescindível;
·       Possuem perseverança indestrutível. Sempre vão bem mais longe que as barreiras que detêm os homens comuns e as enfrentam  com tenacidade à toda prova;
·       Planificam suas ações, porém jamais chegam à “paralisia devido análise”;
·       Cumprem invariavelmente as suas promessas;
·       Suas vidas são intensas e prósperas. A prosperidade é um bem que os acompanha com um efeito natural dos empreendimentos que lideram,
·       Criam e distribuem riquezas;  sempre têm respostas concretas, incluindo “eu não sei nada sobre isso!!! ”;
·       Praticam a “regra de ouro.  Comportam-se com os demais da mesa forma que   desejam que estes se comportem com eles. São profundamente respeitosos com os direitos dos outros;
·       São sensíveis ao meio no qual se movem. São prudentes, ainda que constantemente vivam assumindo novos riscos e desafios; São tolerantes com as opiniões alheias. Estão tão empenhados em fazer a sua obra que e não dispõe de tempo para discutir e muito menos para ofender outras pessoas;
·       Possuem e protegem-se para ter uma boa saúde, mediante a ausência de vícios prejudiciais e a prática de bons hábitos na alimentação, cuidado físico e descanso;
·       A maioria deles evidencia possuir forte sexualidade;
·       Possuem extraordinária habilidade para administrar suas atitudes em relação ao único recurso não renovável: o tempo; Estão sempre simplificando,mas são invencíveis na arte do trabalho duro;
·       Infundem vitalidade à própria atividade e à dos outros e assim mantêm relações humanas construtivas e agradáveis;, amam a verdade, chamando as coisas sempre pelo seu nome real
 
 Dessa  maneira  não há como  duvidar de  que o poder  acumulado em tantas virtudes colocadas em ação é enorme.O líder  que desperta e mantém interesses dentro da sua equipe é aquele capaz de, através do seu caráter, ser efetivamente um transformador de comportamentos e atitudes.Os líderes transformadores fazem jus a esse nome pois despertam emoções positivas em outras pessoas e as impelem à ação, fomentando-se à autodeterminação, à confiança e a segurança. Geram credibilidade, entusiasmo e elevam de forma notável as possibilidades de êxito nos seus empreendimentos.Há quem diga que não se pode “ensinar” a liderança, porém acredito que ela pode ser aprendida e auto-desenvolvida ! ! !
            Como pessoas e como seres sociais, nossa maior necessidade é encontrar uma causa, uma atividade, que dê sentido e valor às nossas vidas para que através dela possamos alcançar a realização pessoal e social.

A principal obra do líder transformador consiste em criar esse sentido e esse valor para aqueles que ele lidera !

Lideres Transformam.